10 de junho de 2013

Ex-ministro chinês pode ser condenado à morte por receber R$ 22 mi em propinas

Ex-ministro chinês pode ser condenado à morte por receber R$ 22 mi em propinas


O ex-ministro de Ferrovias da China, Liu Zhijun, acusado de receber cerca de R$ 22 milhões em propinas de 1986 a 2011, pode ser condenado à morte por corrupção no país. Uma audiência sobre o caso aconteceu em um tribunal de Pequim neste domingo (9). Quando o caso foi descoberto, em 2011, Zhijun foi expulso do Partido Comunista. A acusação diz que, por conta do dinheiro recebido, ele favoreceu o presidente de uma empresa de investimentos e mais 11 pessoas diretamente, ao aumentar salários ou com contratos vantajosos. A audiência deste domingo (9) foi acompanhada por um público selecionado. O advogado de defesa, Qian Lieyang, disse à imprensa chinesa que o cliente não rejeitou as acusações.




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário