25 de junho de 2013

BERLUSCONI É CONDENADO A 7 ANOS DE PRISÃO


O ex-primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, foi condenado nesta segunda-feira a sete anos de prisão e perda de direitos políticos por toda a vida, em um processo no qual é acusado de ter mantido relações sexuais com uma menor de idade e ter abusado de seu poder como premiê para encobrir o caso. Com 76 anos, Berlusconi é senador e líder do Partido do Povo da Liberdade, o maior partido de centro-direita da Itália. O caso em julgamento remonta a maio de 2010, quando ele ligou para uma delegacia de Milão para obter informações sobre a marroquina Karima El Mahroug, conhecida como Ruby Rouba Corações. Segundo os promotores, Berlusconi abusou de seu poder ao pressionar pela libertação da menina, que havia sido presa por roubo. O político teria feito isso para que não viessem à tona informações sobre uma suposta relação sexual entre os dois quando ela tinha 17 anos. Na Itália é ilegal pagar para ter relações com uma menor de idade. Berlusconi admitiu que conheceu Ruby durante festas na sua mansão e reconheceu que ligou para a delegacia de polícia, mas nega ter abusado de seu poder para libertá-la. Ambos negam ter tido relações sexuais. Os advogados do político disseram que vão recorrer da decisão.




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário